Quem lê / Who's reading

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O Natal da menina de tranças loiras / The Christmas of the girl with blonde braids

O Natal da menina de tranças loiras

No início deste mês, fui visitar os meus pais e ofereci-me para enfeitar a árvore de Natal deles.
Quando peguei no pinheiro natural (que ainda utilizam) lembrei-me dos meus Natais de há muitos anos e decido que iria também fazer o presépio com musgo, como fazia quando era criança.
Armada com um pequeno balde e uma espátula improvisada, lá parti na minha missão.
A primeira coisa de que me apercebi é de que aquele lugar onde costumava apanhar o musgo mais bonito já não existe. Em parte consumido pela limpeza humana e em parte pela limpeza impiedosa do fogo. Já antes tinha sentido falta daquele lugar, que não era mais do que uma espécie de túnel formado por várias árvores, arbustos e muitas plantas rasteiras. Gostava de me aventurar por lá, entrar numa ponta, fingir que era um labirinto, e que era assustador, com a sua luz lusco-fusco, e, finalmente, sair do outro lado. Bom, sempre tive uma imaginação fértil.
E depois percebi que nos outros locais também já não se via musgo, talvez consequência das mudanças climáticas.
Mas, graças à minha teimosia e à inesperada paciência do meu pai para me acompanhar na busca. Lá consegui encontrar algum musgo. E, à minha mãe, que ao que parece ainda não perdeu o jeito para encontrar musgo, e que conseguiu completar-me o espólio.
Dediquei-me à tarefa e, quando já estava a terminar, o pinheiro cedeu aos enfeites de Natal e caiu gloriosamente no chão.
Senti-me a começar a desanimar, a minha empresa começava a afigurar-se uma ideia quimérica.
Mas lá arranjei outro suporte e recomecei.
E, desta vez, tudo correu bem, a árvore manteve-se no seu suporte e consegui ter o meu presépio. O musgo é menos verde e vivo do que costumava ser e ficou mais pequeno que era meu hábito.
Mas por vezes, mesmo que não tenhamos o Natal que queríamos, podemos ter o Natal que precisamos.
E eu estava a precisar revisitar o Natal das minhas memórias (que recordei aqui ).

Feliz Natal e Bom Ano Novo!

*.* * *‎. *.* * *  *.* * *  *.* * *  *.* * *

Earlier this month, I went to visit my parents and I volunteered to decorate theirs Christmas tree.
When I saw the natural pine tree (which they still use) it reminded me of my Christmases of many years ago and I decided that I would also make the crib with moss, as I did when I was a child.
Armed with a small bucket and an improvised trowel, there I went on my mission.
The first thing I realized is that the place where I used to catch the most beautiful moss no longer exists. Partly consumed by human cleaning and partly by the cleaning of the unmerciless fire. I had missed that place before, which was no more than a kind of tunnel formed by several trees, shrubs and many creepers. I liked to venture there, get in by one end, pretend it was a maze, and that it was scary, with its twilight athmosfhere, and finally got out the other side. Well, I've always had a vivid imagination.
And then I realized that in the other sites there was also no more moss, perhaps a consequence of climate change.
But thanks to my stubbornness and the unexpected patience of my father to accompany me in the search., I found some moss. And my mother, who apparently has not lost her talent for finding moss, managed to complete the spoils me.
I devoted myself to the task, and when it was finished, the pine yielded to Christmas ornaments and gloriously fell on the floor.
I was beginning to lose heart, my business began to seem chimerical idea.
But then I got other base for the tree and restarted.
And this time, everything went well, the tree remained in its holder and I could have my crib. The moss is less green and alive than it used to be and it was smaller than was my habit.
But sometimes, even if we don’t have the Christmas we wanted, we could have the Christmas we need.
And I needed to revisit my memories of Christmas (which  I alreday recalled here ).

Merry Christmas and a Happy New Year!

22 comentários:

  1. Gostei de revisitar o teu Natal: da menina das tranças loiras.
    Ficou bonito o presépio, com o musgo natural.

    Feliz e santo Natal
    e um Novo ano pleno de Amor e Paz.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. O nosso Natal-Menino sempre à espreita ao fundo do tempo.

    Uma leitura muito, muito agradável!

    Um beijo e um Natal cheio de risos e de luz.

    ResponderEliminar
  3. Oi Isa !
    Muito bom!
    Eu não comemoro o Natal com festas, mas lembro-me quando criança a preparação da árvore de Natal era do meu pai, era dele a incumbência. Pegava um pinheiro alto e enchia de enfeites de Natal, ficava linda.
    Vim agradecer o comentário no meu conto e seu nome está na postagem de agradecimento, do meu blog, do dia 16/12
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. Oxalá eu ainda tivesse os meus pais! Não sairia da frente deles. Saudade! Belo texto e fico emocionado.
    Feliz Natal! Bjs da nossa família para sua família.

    ResponderEliminar

  5. Festas Felizes, Isa, e que o Novo Ano seja de Paz e Harmonia.

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. I've been missing my blog-hopping time, and I wanted to pop in with a quick hello. I've been missing you. I hope you are having a very, very wonderful holiday season. Merry Christmas, friend.

    ResponderEliminar
  7. É preciso humildade para reconhecer que não fazemos ideia do que Deus está
    planejando a nosso respeito. Precisamos reconhecer que pode ser algo radicalmente
    diferente daquilo que já recebemos dele. Precisamos não esperar nada em especial para
    nos surpreender e maravilhar ao ver o que Ele fará.
    Com essa mensagem de fé esperança e amor
    venho te desejar um abençoado Natal a você família e amigos.
    De todo coração agradeço por compartilhar sua amizade comigo
    marcando sua doce presença de Natal a Natal.
    Que a festa do aniversariante seja linda e inesquecível.
    Beijos no coração e carinhos na alma,Evanir.

    ResponderEliminar
  8. Gostei de ler sobre este Natal da menina das tranças loiras, Isa
    Que tenha um Natal Feliz e 2013 seja o melhor possível
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Recordar a infância pode trazer-nos a magia que necessitamos no momento.

    Um Feliz natal!
    Bj**

    ResponderEliminar
  10. Natal com musgo é outra coisa...
    Que saudades...!!!

    Isa, querida amiga, tem um bom fim de semana e um Bom Natal, extensivo aos que te são mais queridos.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. recordações que o tempo não apaga...

    bom natal

    beijo

    ResponderEliminar
  12. ainda sou capaz de sentir, o cheiro do pinhal onde apanhávamos musgo para o presépio

    e a água do lago dos patos e a ponte e todas as pequenas figuras de barro que permacem comigo,
    o musgo já não

    Feliz Natal, Isa!

    ResponderEliminar
  13. .

    .

    . que nos seja natal também este musgo . oriundo do húmus profundo . de onde nos elevamos . para festejar .

    .

    . sopro.Lhe . votos de festas felizes .

    .

    . e um ano de dois mil e treze . repleto de concretizações .

    .

    . boas . muito boas . :) .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  14. Belo texto, vim desejar um Feliz Natal e um Ano Novo abençoado com muitas Alegrias! beijos.

    ResponderEliminar
  15. Estes momentos o tempo não apaga. Beijinho grande e feliz Natal

    ResponderEliminar
  16. Belo alvorecer!!!
    Estive fora por alguns dias,e não passei por aqui para te desejar um Natal iluminado,mas trago minhas desculpas e agora os fogos anunciam a chegada de um ano novo ! É hora de refazer seus sonhos ainda não realizados e acreditar que irá concretizá-los. Soltar um olhar solidário para os seus amigos .Aprender com os erros do ano já ido e brindar o ano bem vindo com um sorriso. Correr ao encontro dos amigos e família,surpreender mais uma vez com o amor.Desejo a você um ano repleto de luz, amor, saúde e prosperidade. Feliz Ano Novo!

    ResponderEliminar
  17. O ANO ESTÁ CHEGNDO AO SEU FINAL.
    CADA MÊS DE 2012 VIVIDOS FORAM MARAVILHOSOS
    TREMENDAMENTE ABENÇOADOS POR DEUS.
    TEVE TANTOS DIAS DIFERENTES UM DO OUTRO
    CADA TROPEÇO UM APRENDIZADO.
    OS MESMOS ERROS NÃO SE REPETIRAM NO ANO NOVO.
    AS MESMAS ALEGRIAS TAMBÉM NÃO VOLTARAM
    A SE REPETIR .
    POIS ALMEJAMOS A CADA DIA SERMOS MELHORES E MAIS FELIZEZ.
    TÁ CHEGANDO A HORA , JÁ É CONTAGEM REGRESSIVA
    A SEPARAÇÃO DE 2012 PARA 2013 É ENEVITAVEL O TEMPO NÃO PARA.
    DESEJO UM ANO NOVO DE DURADOURA FELICIDADE.
    OBRIGADA PELO CARINHO .
    OBRIGADA POR CADA VISITA ESPERO PARA TODOS NÓS.
    UM ANO NOVO DE SAÚDE PROSPERIDADE E ACIMA DE TUDO
    FÉ, POIS É NOSSA FÉ QUE FAZ MOVER O MUDO DENTRO DE
    CADA UM DE NÓS.
    FELIZ 2013.
    BEIJOS NO CORAÇÃO CARINHOS NA SUA ALMA.
    CONTO CONTIGO ,,EVANIR

    ResponderEliminar
  18. Olá, boa noite!
    Creio ser a minha 1ª visita.
    De qualquer modo,
    desejo-lhe um bom ano de 2013.


    E se quiser, ainda pode ler meus poemas de Natal em
    http://vieiracalado-poesia.blogspot.com
    Ou em Lagos-cidade com acesso do citado
    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  19. Votos de Boas Festas com muita luz de Esperança por um mundo melhor....
    Um abraço

    ResponderEliminar

  20. Hello, Isa Lisboa.

    I feel warmth in the heart, the soul.
    Wishing you all the Happiest of Holidays!

    Thank you for your kindness.
    Greeting
    Have a good day. From Japan, ruma❃

    ResponderEliminar
  21. .

    .

    . isa,,, .

    .

    . desejo.Lhe . um feliz ano novo . de dois mil e treze . e pleno de boas concretizações . :) .

    .

    . um abraço meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  22. E revisitar as memórias da infância pode ser muito aconchegante.

    Que 2013 seja um ano sem migalha desperdiçada.

    Beijinho

    ResponderEliminar

Um espaço para outros olhares...
Obrigada pela visita!
This is a space for other looks on the world...
Thank you for your visit!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares