Quem lê / Who's reading

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Novos horizontes



Passeando pelo sótão dos meus pais, redescobri os livros "Novos Horizontes"!

"Novos Horizontes" é uma triologia, uma triologia que me marcou de uma forma diferente de outras. Sempre gostei de ler, mas depois destes livros, comecei a gostar de ler outras coisas.

Esta triologia é formado pelos meus livros de Português B do 10º ao 12º ano!
Ao olhar para eles, tive logo vontade de folheá-los e redescobrir alguns dos textos que lá estão, guardados para alunos de áreas científicas e económicas, como era o meu caso.

Com estes livros, e com a minha professora, de que ainda me lembro bem, descobri um lado novo dessa disciplina, que foi a interpretação de textos. Aprendi a reconhecer metáforas, alegorias, imagens, eufemismos e outras tantas figuras de estilo das quais - peço desculpa, 'stora Cristina - já não recordo o nome. Aprendi a reconhecer o simbolismo na descrição de um lírio em cima da mesa. A caracterização do espaço, e do tempo. E aprendi mais que o que estava no programa do Ministério, graças à minha professora que tanto nos incentivava!

E por isso não resistir a folhear todos os livros. Lá estavam os Maias, que na altura já reli, o Sermão de Santo António aos Peixes, Gil Vicente, as cantigas de amigo e de amor, Camões... Mais tarde, Antero de Quental, Mario Sá-Carneiro e Pessoa e seus heterónimos. Aliás, atrevo-me a dizer que as páginas com a poesia de Fernando Pessoa e Álvaro de Campos são as que têm mais notas, tantas, que quase ocupam todo o espaço livre deixado nas páginas! Nasceu aí a minha admiração pelos poemas desse génio da poesia portuguesa! E Sophia de Mello Breyner e seus Contos Exemplares. E claro, "A Aparição", que me fez descobrir tantos outros livros de Vergílio Ferreira, que estão ainda alguns na minha estante!

A páginas tantas, deparo-me com um pequeno desafio, que talvez na altura eu tenha achado que não era para mim... Mas que agora me fez sorrir:

"De todas as forma de expressão escrita, possivelmente para ti a criação de um poema será a mais difícil. E isto porque deves atender ao conteúdo e à forma (medida e rima) dos versos. Mas pensa que a poesia é considerada a forma mais perfeita e bela de expressão. E se é assim, vale bem a pena tentares escrever versos"
Obrigada a todos os poetas que li, e a todos os que, nos outros espaços, fazem o favor de ler as minhas tentativas de escrever versos!

Nota: "Novos Horizontes" é um livro escolar de Fernanda Costa, Francisco Martins e Rogério de Castro.

7 comentários:

  1. Que bonita viagem que te levou mais longe que o cimo das escadas na casa da tua adolescência!
    Não pude deixar de lembrar-me as minhas próprias referências literárias da minha escolaridade. Como estudei noutros horizontes, são ligeiramente diferentes, mas vieram-me à memória os Dumas e outros Maupassant ;)

    Obrigada pelo passeio ;)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. E a escrita (no meu caso, a leitura) pode levar-nos tão longe...

    ResponderEliminar
  3. viagem às memórias que nos fazem tanto bem....

    :)

    ResponderEliminar
  4. Tenho saudades desse manual...

    Em ti teve um efeito fantástico!

    Desejo-te umas Festas felizes.

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. .

    .

    . tentativas que resultam por vezes em grandes poemas .

    .

    .

    . um santo e feliz natal . e um bendito ano de dois mil e catorze .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  6. Bom Natal! Que 2014 traga novaesperança e seja repleto de coisas boas.
    Abraço

    ResponderEliminar

Um espaço para outros olhares...
Obrigada pela visita!
This is a space for other looks on the world...
Thank you for your visit!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares